subprodutos coprodutos casca de soja.PNG

Subprodutos/Coprodutos na alimentação animal: um “cardápio” para consultar

Administrador - 15/9/20

5 opções de subprodutos/coprodutos que podem ser utilizados na alimentação animal e que possuem um poder de monetização muitas vezes desconhecido. 





A tendência da população mundial é crescer cada dia mais, consequentemente haverá o aumento da demanda de alimento. Um dos desafios do setor de Nutrição Animal é gerar um produto (seja ele carne, leite, ovo etc.) de maneira mais sustentável, mais ecológica e que diminua a “competição” entre o ser humano e os animais por alimentos em comum.

Uma alternativa usada na alimentação animal são os subprodutos/coprodutos agrícolas. Os subprodutos/coprodutos são resíduos gerados a partir do processamento de algum material e que muitas vezes são descartados porque suas utilidades e propriedades são desconhecidas.

Aqui na Agro News será apresentada uma sequência de #5 subprodutos/coprodutos que já são utilizados na alimentação animal e que apresentam bons resultados sem prejudicar a criação.

#1 Casca de soja

A soja em si e o farelo de soja, são produtos muito utilizados na alimentação de ruminantes devido ao seu grande potencial energético e proteico. É muito comum encontrar rações que possuem soja na composição. Porém, ela entra na lista de competição de alimentos homem/animal. Um subproduto/coprodutos gerado pela soja, é a sua casca. A casca do grão de soja vem sendo estudada em várias pesquisas cientificas como uma forma alternativa na alimentação de bovinos e ovinos. Ela apresenta um alto valor nutritivo para os ruminantes, além de possuir boa palatabilidade.

Você que acaba gerando a casca de soja como um resíduo e não sabe onde destiná-la, saiba que existem diversas empresas, instituições e centros de pesquisas que compram esse material.

Na Agro2business.com você também pode vender o seu produto agro de qualquer segmento! 

Por Vinicius Ferarezi 




Fazer Comentário